Profetas da Restauração

Joseph Smith Jr. (abril de 1830–junho de 1844)
Brigham Young (dezembro de 1847–agosto de 1877)
Um amigo e defensor do Profeta Joseph Smith, Brigham Young estava preparado para liderar os santos após a morte do profeta. Como líder visionário, ele guiou os santos para a Grande Bacia, onde seus templos e seu modo de vida se tornaram “um estandarte para as nações”.
John Taylor (outubro de 1880–julho 1887)
Sempre atento às coisas de Deus, John Taylor agiu de acordo com os sussurros que recebeu. Ele foi um missionário fiel, escritor talentoso e líder compassivo. Sua fé em Deus foi um exemplo para todos os que ele serviu.
Wilford Woodruff (abril de 1889–setembro de 1898)
Um dos maiores historiadores na história da Igreja, Wilford Woodruff também foi um excelente missionário e defensor da Igreja. Sua dedicação ao evangelho permitiu que ele liderasse a Igreja em uma época turbulenta.
Lorenzo Snow (setembro de 1898–outubro de 1901)
Joseph F. Smith (outubro 1901–novembro 1918)
Joseph F. Smith nunca temeu defender o reino de Deus e explicar as doutrinas da Igreja restaurada de Cristo. Ele possibilitou um claro entendimento da natureza da Trindade, a origem do homem e a redenção dos mortos.
Heber J. Grant (novembro de 1918–maio de 1945)
George Albert Smith (maio de 1945–abril de 1951)
Nascido de antepassados fiéis, George Albert Smith tinha o desejo de representá-los. Ele passou toda a vida tentando aperfeiçoar-se e incentivar outros a fazer o mesmo. Ele queria agradar a Deus com seus esforços em cuidar dos pobres e necessitados e ajudá-los a não se desesperarem.
David O. McKay (abril de 1951–janeiro de 1970)
David O. McKay compreendia e explicava a importância de um lar e uma família forte. Ele ensinou que todo membro da Igreja deve ser um missionário e um exemplo de seguidor de Cristo.
Joseph Fielding Smith (janeiro de 1970–julho de 1972)
Harold B. Lee (julho de 1972–dezembro de 1973)
Como jovem presidente de estaca, Harold B. Lee cuidava dos membros pobres e aflitos de sua estaca. Mais tarde, ele supervisionou o desenvolvimento do programa de bem-estar da Igreja. Por meio de seus ensinamentos, ele também proporcionou alimento espiritual aos membros da Igreja.
Spencer W. Kimball (dezembro de 1973–novembro de 1985)
O amor de Spencer W. Kimball pelos membros da Igreja fez com que muitos o amassem profundamente. Seus ensinamentos deram esperança àqueles que estavam com dificuldades. Depois de muita oração e busca, ele recebeu a revelação que permitiu que todo homem digno possua o sacerdócio.
Ezra Taft Benson (novembro de 1985–maio de 1994)
Howard W. Hunter (maio de 1994–março de 1995)
Gordon B. Hinckley (março de 1995–janeiro de 2008)
Thomas S. Monson (janeiro de 2008–janeiro de 2018)
Desde a infância, Thomas S. Monson aprendeu a servir e a demonstrar compaixão para com aqueles a seu redor. Ele aprendeu que, quando inspirado pelo Espírito, ele precisava agir de acordo com essa inspiração. Ele abençoou a vida de muitos demonstrando compaixão e ouvindo o Espírito.